News
Portugal exportou 32 milhões de euros em vinho para Angola no 1º semestre
Outras Notícias
24 October 14
Assumindo uma quota de mercado superior a 90 por cento no país.

"Angola é o principal mercado para os vinhos engarrafados portugueses, em valor e volume, entre os que são considerados estratégicos para o sector vitivinícola", afirmou hoje à agência Lusa, em Luanda, o presidente do Instituto do Vinha e do Vinho (IVV), Frederico Falcão, à margem da abertura da segunda edição do Angola Wine Festival.

França ocupa o primeiro lugar das exportações portuguesas de vinho em valor, resultado "influenciado" pelo preço médio do litro de Vinho do Porto, logo seguida de Angola, país que lidera em volume.

De acordo com os números do IVV, as exportações de vinho de Portugal para Angola cresceram 8,6% em todo o ano de 2013, para 94 milhões de euros, dos quais 72 milhões de euros corresponderam a vinhos engarrafados.

No primeiro semestre de 2014 o volume de exportação caiu, em termos homólogos, para 32 milhões de euros. Uma quebra- de um milhão de euros -, que segundo Frederico Falcão não constitui motivo de alarme, por resultar da descida das vendas do vinho a granel, produto que "não está ligado ao território e não representa valor acrescido para a exportação".

"Há uma subida dos vinhos engarrafados e dos vinhos certificados, quer em volume quer em valor. Houve um decréscimo nos vinhos a granel, mas em termos de vinhos DOP [Denominação de Origem Protegida] registamos uma subida de 14% [em valor]", acrescentou.

Em termos de volume (litros), as exportações de vinho português para Angola caíram globalmente 6,8% no primeiro semestre, mas os vinhos de origem protegida subiram 11% e os licorosos 360%, ainda segundo o IVV.

"Portugal tem uma quota de mercado em Angola muito acima dos 90 por cento. É essencial manter esta presença, manter as acções, para que Portugal não perca esta quota e o crescimento dos últimos anos", enfatizou Frederico Falcão.

A ligação histórica e cultural entre os dois países explica, segundo o presidente da Viniportugal, Jorge Monteiro, a liderança portuguesa nos vinhos vendidos em Angola, perante uma produção nacional praticamente inexistente.

"Estamos a falar de um consumo [de vinho] 'per capita' em Angola que andará ligeiramente abaixo do do Reino Unido", disse à Lusa Jorge Monteiro, igualmente à margem da inauguração do Angola Wine Festival, em Luanda.

Os consumidores angolanos, garante ainda, estão "preparados e gostam" da marca portuguesa, em relação aos restantes presentes no mercado nacional, que importa anualmente, em termos globais, cerca de 780 milhões de euros em vinho.

Além disso, realça o presidente da ViniPortugal, os vinhos portugueses têm beneficiado da forte implantação e conhecimento de importadores nacionais que operam no mercado angolano, pelo que a tendência é de manter o crescimento do setor.

"Nos últimos dez anos, em valor, a exportação de vinhos portugueses para o mercado de Angola cresceu mais de 360% e em termos de preço médio mais do que duplicou. A tendência é crescer", admitiu, por sua vez, Frederico Falcão.


Fonte: Dinheiro Digital com Lusa 

Lastest News

Press Release ViniPortugal

7 December 22

Universidade de Oxford assinalou os 650 anos da Aliança Luso-Britânica com um almoço comemorativo
Read more

Press Release ViniPortugal

29 November 22

Nas salas de Prova da ViniPortugal de Lisboa ou do Porto: UMA PROVA DE VINHO É A PRENDA PERFEITA PARA OFERECER NESTE NATAL
Read more
Press ENTER to search or ESC to close
Cookies

Wines of Portugal uses cookies to enhance your online experience. By using this website you agree to our cookies policy.

More