News
Sector vitivinícola unido na apresentação de planos de promoção
Economy
5 December 12
Fórum Vinhos de Portugal realizado no Palácio da Bolsa, no Porto.
O Fórum Vinhos de Portugal reuniu no Palácio da Bolsa entidades e produtores da fileira do vinho num dia dedicado à divulgação dos planos de promoção, análise do comportamento do mercado nacional, evolução das exportações, mas ainda ao debate de temas cruciais para o futuro da fileira como a sustentabilidade da fileira da vinha e do vinho, a agricultura sustentável e a biodiversidade. Em resultado de um esforço de concertação de estratégias de promoção externa, as CVRs, IVDP e ViniPortugal apresentaram à mesma mesa os planos de promoção para 2013. Para a promoção dos vinhos portugueses continuarão a ser investidos 7 milhões de euros e verbas equivalentes serão alocadas pelas Comissões de Viticultura e pelo IVDP, perfazendo um total de 15 milhões de euros. Na sequência da apresentação de Francisco Mateus, do IVV, na qual foi traçada a evolução das exportações e a quebra do mercado português, Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal sustentou que "a queda de consumo de 5% no mercado nacional foi compensada com o crescimento das exportações no mercado internacional. São sinais positivos que confirmam a estratégia adequada, à qual é necessário dar continuidade". Durante a tarde diversos especialistas participaram nos painéis de debate sobre produção biológica, preservação da biodiversidade e o impacto das alterações climáticas na fileira da vinha e do vinho. Para Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal, «A conferência sobre sustentabilidade apresentou bons exemplos que gostaríamos que fossem adaptados à fileira do vinho, para que o vinho se possa tornar “amigo do ambiente” e se adapte às alterações climáticas nos próximos 20 ou 30 anos». Coube a Nuno Oliveira, do ISG, inaugurar a conferência sobre Sustentabilidade da fileira da vinha e do vinho, subordinado aos temas da agricultura sustentável e da biodiversidade. O biólogo da área de ecologia e investigador coordenador da área de Ambiente e Sustentabilidade do ISG apelou à consideração da sustentabilidade como factor de sobrevivência mas também de diferenciação e competitividade. Na sua apresentação destacou o impacto das alterações climatéricas no sector dos vinhos, explicou que o capital natural das D.O. pode ser mais rentabilizado e ser diferenciador, e explanou o que contribui para a sustentabilidade de um vinho sustentável, nomeadamente a gestão da água, dos solos, reutilização de químicos, energia Na sua apresentação, Alfredo Cunhal Sendim, da Herdade Freixo do Meio, explicou qual a complexidade de lidarmos com problemas novos, que até agora não tivemos. Evidenciou os ecossistemas como pauta essencial de produção e apresentou o exemplo de plantação de vinha no Freixo do Meio com pressupostos diferentes do costume, ao nível da gestão do solo, factores diferenciadores, gestão do risco e gestão dos ecossistemas. O produtor salientou ainda a necessidade de reimprimir a regulação mundial para dar apoio às alterações necessárias e a importância do sector público na promoção à I&D, concretamente na aplicação à agricultura António J. Magalhães, QVB, focalizou a sua apresentação nos problemas causados pelo modelo de viticultura actual no Douro e a necessidade de modelo. Ao evidenciar o modelo desenvolvido pela Flagdate, demonstrou a diferença entre a viticultura convencional e a viticultura sustentável e biológica em várias vertentes, designadamente na gestão dos infestantes e promoção de enrelvamentos, na gestão de pragas e nos gastos de resíduos. No final das apresentações, Manuel Carvalho, diretor adjunto do Público, dirigiu o primeiro debate focado no tema da agricultura sustentável e no desafio de produzir mais com menos, incorporando valor nos vinhos e tirando partido do valor de certificações no negócio. O segundo painel foi iniciado pela apresentação de Cristina Carlos, da ADVID, que fez uma análise da importância da biodiversidade funcional. A paisagem como elemento essencial no contexto da biodiversidade e das práticas agrícolas que influenciam a paisagem mereceram destaque nesta apresentação que também realçou os projectos específicos na área da biodiversidade aplicada á gestão a vinha. Eiras Dias, da PORVID, foi outro dos oradores deste painel de debate. A abordagem incidiu na apresentação da diversidade da ampelografia nacional, composta por 350 castas, e as 25 castas com mais utilização. A exposição focou ainda as colecções de castas nacionais e a estratégia e acções de execução de cada projecto, assim como a origem da diversidade da videira, com enfoque na introdução de outras regiões, cruzamentos naturais e multiplicação vegetativa. Em sistema de vídeo-conferência Pedro Ballesteros, Torres MW, Signatários do Wineries for Climate Protection, interagiu com a audiência do Fórum e o painel de oradores. Apresentou a iniciativa do sector do vinho europeu a favor da redução de emissão de gases, extensível tanto à construção de edifícios, reutilização de energias renováveis, como à adopção de boas prácticas de produção, ao menor consumo de água e aplicação de químicos, e à utilização de embalagens ecológicas, implementação de hábitos de reciclagem e de logísticas mais eficientes, e um maior investimento na investigação e produção. Pedro Ballesteros apelou à necessidade de antecipar para fazer face às limitações da legislação que está em construção, e finalizou a apresentação elogiando as condições naturais e históricas que Portugal detém e que são vantajosas para que se posicione na linha da frente nos tempos de sustentabilidade. Pedro Garcias, jornalista do Público, foi o moderador do debate deste painel dedicado ao tema da biodiversidade, onde foi discutida a hipótese de um acordo de regiões IG e DOC para prácticas de sustentabilidade e foi abordada a importância da cidadania no desenvolvimento sustentável.
Lastest News

9 September 21

Wines of Portugal is one of the sponsors of the Danish Association of Sommeliers

Wines of Portugal is one of the sponsors of the Danish Association of Sommeliers in 2021.

Read more about the Danish Sommeliers Association here: https://sommelier.dk.

Read more

Events

8 September 21

Wines of Portugal participates in the 5th Global Wine Tourism Conference

The 5th Global Wine Tourism Conference this year takes place in Portugal, from the 8th to the 10th of September, in Monsaraz.

Wines of Portugal collaborates with Portugal’s Tourism Institute in this initiative through the organization of a Masterclass, which will take place on the first day of the event (September 8th), from 12:00 to 14:30, where there will be a Wine Tasting of the 14 Portuguese Wine Regions addressed to around 50 international participants who will be at the Conference.

Read more
Press ENTER to search or ESC to close
Cookies

Wines of Portugal uses cookies to enhance your online experience. By using this website you agree to our cookies policy.

More