News
Portugal contestou investigação para aplicação de salvaguardas pelo Brasil
Economy
2 May 12
O Instituto da Vinha e do Vinho, I.P., enquanto entidade pública e representativa do sector do vinho em Portugal contestou formalmente no passado dia 24 de Abril, o processo de investigação encetado pelo Brasil para a introdução de medidas de salvaguarda à importação de vinhos.
As alegações apresentadas corroboravam as que a Comissão Europeia, bem como estão em sintonia com as da Espanha, França e Itália, que constituem o grupo de países maiores exportadores do mundo e que ficarão prejudicados com medidas protecionistas que o Brasil venha a tomar impondo quotas de importação ou aumento do imposto sobre o vinho importado. O Instituto do Vinho do Douro e Porto também apresentou alegações, assim com a ANDOVI – Associação representativa das Denominações de Origem e das Comissões Vitivinícolas Reginais. Outras associações profissionais do sector subscreveram alegações apresentadas pela suas representantes Europeias, como foi o caso da ACIBEV e AEVP que subscreveram a contestação do Comité Vin (CEEV) que representa as empresas vitivinícolas europeias, e a Fenadegas e a CAP associaram-se à COPA-COSECA, representando o lado dos produtores. As alegações portuguesas demonstraram que não existem elementos que permitam concluir que a indústria brasileira de vinho esteja a sofrer prejuízo grave, tanto mais que, para além de outros elementos apresentados, as importações desaceleraram em 2011 e a produção interna de vinho aumentou. Por outro lado, se algum prejuízo a industria doméstica teve no período em investigação, deveu-se a outros fatores que não o aumento das importações e, que este acréscimo não foi repentino nem inesperado mas sim espectável face o aumento do poder de compra do consumidor brasileiro e ao interesse crescente que manifesta sobre o vinho. Também se contestou o facto da investigação incidir apenas sobre o vinho vitis vinífera, porquanto este tipo de vinho corresponder apenas a 20% do mercado brasileiro, sendo a indústria vinícola brasileira responsável pelos restantes 80% do mercado. Também foi contestada a exclusão dos países do Mercosul, uma vez que o Brasil agiu como uma entidade única, não tendo a investigação sido iniciada pelo MERCOSUL em nome do Brasil. Acresce que, entre 2007 a 2011, as importações do Mercosul aumentaram 2% em quantidade e 37% em valor, com a Argentina a apresentar um acréscimo de 39% em valor e estando sempre como o segundo maior exportador de vinhos para o Brasil, depois do Chile, e com preços médio (FOB) inferiores à media dos vinhos importados. O Brasil é um quarto destino das exportações de vinhos de Portugal que detém a quarta posição entre os vinhos mais importados pelo Brasil. Qualquer medida que o Brasil imponha condicione as exportações portuguesas terá um reflexo negativo para o sector, que tem tido uma prestação dinâmica e conducente ao aumento da notoriedade dos vinhos portugueses no Brasil. O Governo Português através dos Ministérios dos Negócios Estrangeiros, da Economia e da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território "tem manifestado a sua grande preocupação e exercido forte pressão diplomática junto das autoridades brasileiras e da Comissão Europeia sobre a possibilidade de o Brasil vir a introduzir medidas de salvaguarda para proteger a sua produção".
Lastest News

9 September 21

Wines of Portugal is one of the sponsors of the Danish Association of Sommeliers

Wines of Portugal is one of the sponsors of the Danish Association of Sommeliers in 2021.

Read more about the Danish Sommeliers Association here: https://sommelier.dk.

Read more

Events

8 September 21

Wines of Portugal participates in the 5th Global Wine Tourism Conference

The 5th Global Wine Tourism Conference this year takes place in Portugal, from the 8th to the 10th of September, in Monsaraz.

Wines of Portugal collaborates with Portugal’s Tourism Institute in this initiative through the organization of a Masterclass, which will take place on the first day of the event (September 8th), from 12:00 to 14:30, where there will be a Wine Tasting of the 14 Portuguese Wine Regions addressed to around 50 international participants who will be at the Conference.

Read more
Press ENTER to search or ESC to close
Cookies

Wines of Portugal uses cookies to enhance your online experience. By using this website you agree to our cookies policy.

More