Notícias
Mais Verdes na Alemanha e Suíça
Economia
18 Abril 11
Após a realização das acções de promoção na Alemanha e Suíça, os responsáveis dos Vinhos Verdes acreditam num aumento das exportações para estes dois países que valem, em conjunto, mais de 8 milhões de euros.
Numa acção de charme direccionada para a Europa Central, os Vinhos Verdes apresentaram-se a cerca de 250 profissionais do sector, entre jornalistas, importadores, compradores e restaurantes, com resultados que deixam antever um crescimento das exportações para a Alemanha e Suíça que valeram 8,2 milhões de euros em 2010. A Alemanha, segundo maior mercado consumidor de Vinho Verde, com 6,6 milhões de euros de volume de vendas, deverá manter a tendência de crescimento do consumo, classificando António Cerdeira, representante da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV), de "sucesso" as acções de promoção realizadas em terras germânicas. Já na Suíça, sétimo destino de exportação em 2010, com um resultado de 1,6 milhões de euros, os representantes das 61 marcas presentes na acção promovida pela CVRVV trouxeram novas encomendas, nomeadamente das empresas Sousa Vins, Amarela e Riesling&Co. "As perspectivas de curto e médio prazo são, de facto, muito satisfatórias", sublinha o representante da CVRVV que acompanhou os produtores de Vinho Verde à Suíça e à Alemanha, acrescentando que dois factores contribuíram para "o desfecho muito positivo" da deslocação a Zurique e Berlim. Primeiro: "As características únicas do Vinho Verde, fresco, jovem e com baixo teor alcoólico, muito apreciadas pelos consumidores suíços e alemães". Segundo: "A qualidade dos oradores convidados. Em Berlim, o sommelier Hendrik Thoma tem muito prestígio e seguidores um pouco por toda a Alemanha, pelo que facilmente se encheu a sala com jornalistas, sommeliers e importadores. Em Zurique, o seminário foi exemplarmente conduzido pela oradora Béatrice Van Strien". Também o enólogo Carlos Teixeira, representante da Quinta da Lixa, um dos produtores que integrou a comitiva da CVRVV, reconhece que "o Vinho Verde vai continuar a crescer nos mercados suíço e alemão", em virtude do interesse manifestado pelo trade nas acções de Zurique e Berlim. Os 23 produtores que levaram mais de 100 marcas de Vinho Verde a Zurique e Berlim foram os seguintes: Adega Cooperativa de Ponte de Lima, Quinta de Linhares, Aveleda, Quinta da Lourosa, Vinhos Norte, Provam, Lda, Quinta das Arcas, Quinta da Lixa, Quinta de Gomariz, Solar de Serrade, Corga de Chã, Quinta de Santa Maria, Sogrape, Viniverde, Adega Edmundo Val, Solar de Louredo, Afros Wines, Quinta Santa Cristina, Quinta da Raza, Quinta de Carapeços, Casa Vilacetinho e Vercoope.
Últimas Notícias

Outras Notícias

13 Junho 22

Agradecimento de "Nós do Vinho"
Saber Mais

Eventos

23 Maio 22

Os Vinhos de Portugal na Prowein 2022
Saber Mais
Pressione ENTER para pesquisar ou ESC para fechar
Cookies

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência de navegação. Ao utilizar o Webiste Wines of Portugal, concorda com a utilização de cookies.

ver mais