Notícias
Vinhos portugueses com Crescimento nos EUA
Economia
23 Julho 13
Com o mercado de vinho em Portugal desafiado pela crise económica do país, os produtores portugueses têm-se virando para o exterior e encontraram um sólido crescimento nos mercados de exportação comos os EUA. De acordo com o Impact Databank, os envios de vinho engarrafado de Portugal para os EUA aumentaram em cerca de um terço desde 2006, subindo 3,4%, para 1 milhão de caixas no ano passado. A Herdade do Esporão, produtor português do Alentejo, tem vindo a intensificar recentemente os seus esforços nos EUA. A empresa, cujos vinhos são importados pela Aidil Wines a Leste e pela Vinum Importing a Oeste - abriu 10 novos mercados dos Estados Unidos este ano e está agora presente em 40 estados. Em particular, a sua entrada na Califórnia e a colocação do seu vinho Monte Velho tinto (11 Dólares/garrafa.) na cadeia de supermercados Whole Foods têm ajudado a aumentar o volume nos EUA em 13% de Janeiro a Junho, diz o Director Comerciaç Diogo Melo e Castro. Além do Monte Velho, o portefólio da marca Esporão também inclui o Alandra (8 Dólares) e o Esporão Reserva (15 Dólares) e vende cerca de 60.000 caixas nos EUA anualmente. "Portugal está a progredir de ser visto como uma região de vinho exótica para uma parte mais séria do mercado", diz Castro. "Queremos acelerar esse desenvolvimento. "Em anos anteriores, a Herdade do Esporão exportou cerca de um terço de sua produção de 1,3 milhões de caixas; agora, devido às dificuldades económicas de Portugal e a um maior foco nas exportações, a empresa envia cerca de dois terços da produção para o exterior. A Sogrape, produtor líder português, também está a expandir rapidamente o seu negócio nos EUA, tanto através da sua própria companhia Evaton Inc. como através da Pernod Ricard USA, que comercializa os seus vinhos do Porto Sandeman. A Evaton, com sede no Connecticut, lida com as marcas da Sogrape Gazela, Mateus e Grão Vasco, de Portugal (o seu portfólio também inclui rótulos Sogrape não portugueses tais como Finca Flichman e marcas de agência como a Ramazzotti). Gazela, marca especializada em Vinho Verde a menos de 10 Dólares por garrafa, subiu 9%, para 95.000 caixas nos EUA no ano passado, e mais do que triplicou desde 2006. "A marca Gazela está a desenvolver-se bem, e estamos convencidos de que vai continuar a crescer", diz Júlio Martins, Director de Marketing e Vendas Mercados Externos da Sogrape. "Achamos que a marca e o estilo leve do Vinho Verde se encaixam perfeitamente com o consumidor dos EUA." Do lado do Vinho do Porto, a Sogrape tem vindo a trabalhar com a Pernod para tornar a marca Sandeman mais premium e estender o seu alcance a novos públicos e ocasiões de consumo, como cocktails. "Estamos a semear há anos e os vinhos portugueses estão agora a ver sinais positivos ao nível do consumidor", diz Martins. "É encorajador, mas ainda há mais trabalho a fazer."
Últimas Notícias

Press Release ViniPortugal

23 Fevereiro 24

PREÇO MÉDIO DOS VINHOS PORTUGUESES MANTÉM TENDÊNCIA DE SUBIDA EM 2023
Saber Mais

Press Release ViniPortugal

17 Janeiro 24

INSCRIÇÕES DA 11ª EDIÇÃO DO CONCURSO VINHOS DE PORTUGAL JÁ SE ENCONTRAM ABERTAS
Saber Mais
Pressione ENTER para pesquisar ou ESC para fechar
Cookies

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência de navegação. Ao utilizar o Webiste Wines of Portugal, concorda com a utilização de cookies.

ver mais