João Portugal Ramos

 Por Rui Falcão*

Joo_Portugal_Ramos.jpeg

A história do vinho do Alentejo não seria o que é hoje se não fosse João Portugal Ramos. Quando iniciou a sua carreira como enólogo, a região do Alentejo era ainda desconhecida e começava a dar seus primeiros passos. Ninguém fez tanto para a promoção e reputação da região como João Portugal Ramos, que com sua colaboração hoje, é mais considerada, prestigiada, saudável e prospera.

Muitas cooperativas vitivinícolas la estabelecidas se beneficiaram de seu trabalho talentoso que também influenciou todo o trabalho das vinícolas locais. De forma eclética, sua influência também se estendeu para Setúbal, Algarve, Lisboa, Beiras, Dão e Tejo, onde mais tarde acabou criando em 2004 a Empresa comercial dos vinhos Falua com toda modernidade. Ele também foi influente no Douro, onde criou os vinhos Duorum em parceria com outro grande enólogo Português, José Maria Soares Franco.

João Portugal Ramos fundou a sua empresa como um produtor autônomo mais de uma década e meia atrás, e hoje ele é um dos maiores produtores nacionais que esbanjam talento empresarial e enológico.

 

 


* Rui Falcão is a renowned Portuguese wine journalist, author and wine educator.  He is also a judge at several international wine competitions.